Veja Também

 

 
 
 
 
Notícias - Política
 
180 Anos da AL-MT: Reminiscências históricas e homenagens marcam 180 anos de comemoração da AL-MT

Postado em: 12/08/2015 15:17:00
Divulgação

Aproximadamente 100 autoridades de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia foram homenageadas durante a sessão solene desta quarta-feira (12), teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, que marcou a comemoração dos 180 anos de fundação do Poder Legislativo. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBC) e as Assembleias Legislativas de Mato Grosso, Rondônia e Mato Grosso do Sul fizeram a obliteração do selo em comemoração à data.
 
Os governadores Pedro Taques  (sem partido) e Reinaldo Azambuja (PSDB), de Mato Grosso do Sul; e os presidentes das Assembleias de Mato Grosso, deputado Guilherme Maluf (PSDB); Rondônia, Maurão de Carvalho (PP); e de Mato Grosso do Sul, Junior Mochi (PMDB), foram agraciados com a Comenda Filinto Müller e Medalha do Mérito Legislativo.
 
Pedro Taques enalteceu a iniciativa do Poder Legislativo e lembrou que é importante mostrar para as novas e futuras gerações uma parte da história mato-grossense. “Mato Grosso possui uma das mais ricas histórias e é necessário contá-la para as nossas crianças e para o Brasil”, pontuou Taques, após participar da abertura da exposição “180 Anos do Parlamento Participativo”, no espaço cultural do Instituto Memória do Poder Legislativo.
 
“É um momento histórico para Mato Grosso e parte do Centro-Oeste e Amazônia, porque de Mato Grosso nasceram os estados vizinhos”, ponderou Guilherme Maluf, para a reportagem do Olhar Direto.  
 
“É um momento oportuno para lembrarmos essa data histórica para os dois estados da região Centro-oeste, que não tem a mesma união das demais regiões do país. Temos que nos unir para traçarmos nossas metas e melhorarmos em vários setores. Entendo que agora chegou a hora dessa iniciativa”, justificou Maluf.
 
“Aqui temos um pouco da história dos dois parlamentos”, destacou o Junior Mochi, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, ao  participar do descerramento da placa comemorativa dos 180 anos e inaugurar o Memorial da Assembleia Legislativa.
 
“Tenho orgulho dos quatro mandatos em que atuei, e devo tudo ao povo dos municípios de Ladário e Corumbá (ambos de Mato Grosso do Sul). Na minha época honrava meu trabalho com respeito à população”, lembrou o ex-deputado Cecílio de Jesus Gaeta, que atualmente reside em Campo Grande.
 
Autor do requerimento que originou a comemoração, o deputado Wancley Carvalho (PV) destacou que a homenagem é um termo significativo para os deputados das duas conjunturas, principalmente, segundo ele, pela história que representa para o país. “Estamos  passando por um contexto histórico do parlamento estadual. Essa comemoração vai ficar para sempre na memória mato-grossense”, definiu Wancley.
  
“As histórias de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia se confundem com a historia do nosso Parlamento. Desde a monarquia até a consolidação da democracia, a Assembleia de Mato Grosso sempre  esteve presente em todos os movimentos importantes dos três estados. Revivendo nosso passado, vamos planejar o futuro”, ensinou o professor e historiador João Carlos Vicente, ex-secretário de Estado de Cultura. 
 
Ainda nesta quarta-feira, a partir das 16 horas, será  realizado encontro dos Parlamentares dos três estados – MT, MS e RO, na Sala das Comissões do Edifício Dante Martins de Oliveira.

Na sequência, às 17 horas,  novamente no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, serão realizadas diversas apresentações culturais, entre elas, a exposição Manoel de Barros e a Mídia Impressa,  tendo como curador o Instituto Memória. No mesmo espaço, dando sequência à programação, com direção e roteiro de Luis Carlos Ribeiro será apresentada a peça teatral: “Manoel – Leite e Barro Pantaneiro”. 

Fonte: AL MT