Veja Também

 

 
 
 
 
Notícias - Geral
 
Economia: Caixa Econômica e BB começam a liberar pagamentos do Pis e Pasep

Postado em: 23/07/2015 09:46:00   Atualizado: 23/07/2015 09:55:05
Divulgação

A Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil começam, nesta quarta-feira (22), a liberar o pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (Pis) e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) para aniversariantes do mês de julho. O abono é pago para trabalhadores que tenham exercido atividade remunerada por no mínimo 30 dias consecutivos ou não, do ano corrente, e que tenha recebido até dois salários mínimos. 

De acordo com o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), a previsão é que serão gastos mais de R$ 17,12 bilhões com pagamentos do abono salarial a 23,4 milhões de trabalhadores. 

Os trabalhadores inscritos no Programa de Integração Social e que recebem o abono pela Caixa Econômica Federal, se caso forem, correntista, o dinheiro é depositado diretamente na conta. Caso não, é preciso sacar com o Cartão Cidadão nas lotéricas ou caixas de autoatendimento. Já os inscrito no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), o abono deve ser sacado pelo Banco do Brasil. 

Mudanças 

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codafat) decidiu, no início de mês de julho, que metade dos benefícios do abono salarial que seriam pagos neste ano só será concedido em 2016. A mudança segue orientação do Ministério da Fazenda, como parte do ajuste fiscal. 

De acordo com Codefat, a primeira parte dos benefícios será paga mensalmente, de julho a dezembro deste ano. O restante será concedido de janeiro a março de 2016. Uma economia de R$ 10 bilhões neste ano. A previsão era que todos os benefícios fossem pagos até outubro de 2015. Os pagamentos feitos em 2016 já levarão em conta o salário mínimo aprovado para o próximo ano. 

O abono

O abono salarial é uma espécie de 14º salário para uma faixa específica de trabalhadores. O benefício, que equivale a um salário mínimo, é pago anualmente aos trabalhadores que recebem remuneração mensal de até dois salários mínimos.

Confira abaixo tabela de pagamentos:

Fonte: Olhar Direto