Veja Também

 

 
 
 
 
Notícias - Geral
 
Meio Ambiente: Mato Grosso encabeça ranking de municípios brasileiros com mais focos de calor

Postado em: 26/06/2015 09:43:00
Divulgação

Mato Grosso possui sete cidades entre os dez municípios com maior número de focos de calor em 2015. Entre 1º de janeiro e 24 de junho Nova Maringá já registrou 331 focos, enquanto o vice-líder Corumbá (MS) 315. As informações são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que revelam um aumento de 11,1% neste intervalo no volume de focos constatados em todo o estado em relação a 2014 e de 127,3% no comparativo a 2011. Período proibitivo de queimadas em Mato Grosso começa no dia 15 de julho.


Entre 1º de janeiro e 24 de junho foram registrados em Mato Grosso 4.810 focos de calor. Neste mesmo período em 2014 haviam sido 4.326 e no ano de 2011, segundo o Inpe, 2.116 focos.

Dados no Inpe, em sua página referente às queimadas, revelam que Nova Maringá (MT) lidera em 2015 com 331 focos de calor, seguida de Corumbá (MS) com 315, Feliz Natal (MT) com 198, Rorainópolis (RR) com 193 focos de calor,Querência (MT) com 180, Nova Ubiratã (MT) com 157 focos, Sapezal (MT) com 154 focos , Gaúcha do Norte (MT) com 153, Balsas (MA) com 152 eParanatinga (MT) com 151 focos.

O período proibitivo de queimadas em Mato Grosso inicia em 15 de julho e segue até 15 de setembro. No próximo dia 30 de junho, o Comitê do Fogo, ligado a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), irá realizar em Feliz Natal uma audiência pública com o intuito de orientar a população e os produtores rurais quanto aos riscos do manejo inadequado do fogo.

O secretário-executivo do Comitê do Fogo, tenente coronel do Corpo de Bombeiros Hector Péricles, explica que na audiência pública em Feliz Natal será conversado com a população sobre as penalidades para quem comete crimes ambientais. Segundo ele, na ocasião também serão apresentados outros métodos de manejo do solo sem a utilização de fogo.

De acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), não existe relação direta entre queimada e foco de calor. A Secretaria explica que em uma grande área de queimada pode haver vários focos de calor.

Fonte: Olhar Direto